Série Tendências da Educação: Aprendizagem Ativa

Escrito por ICRH

10 de maio de 2021

Dando continuidade à série Tendências da Educação, hoje abordaremos como a reformulação da aprendizagem levando em consideração a aplicação de diferentes metodologias de didáticas é fundamental para que nossos alunos aprendam de maneira mais consciente e responsável, promovendo autonomia e agregando conhecimentos necessários para cada perfil educacional. 

Se formos analisar o modelo tradicional de aprendizagem dentro dos centros educacionais, a resposta para essa questão seria basicamente a mesma: temos uma sala de aula, com cadeiras enfileiradas e espaçadas o suficiente para evitar interações entre alunos, a figura de um professor (a) detentor de todo o conhecimento, onde muitas das vezes somente ele (a) tem o poder da fala, e atrás dele (a) um quadro, atributo utilizado para compartilhar o que se está sendo ensinado. Porém, esse modelo pedagógico de aprendizagem está cada vez mais em desuso devido dois principais fatores: 1: Os tempos mudaram, bem como os interesses das crianças e adolescente; 2: Ao acreditar que todos os alunos aprendem da mesma maneira, além de ultrapassado, demonstra um senso de irresponsabilidade para com aqueles alunos em questão. 

O conceito de aprendizagem ativa baseia-se na capacidade de proporcionar ao aluno a possibilidade de ser o pilar central dentro da sala de aula, ou seja, utilizar a bagagens educacional/social/intelectual dos estudantes para fortalecer a didática e transmissão do conhecimento por meio de técnicas e ações colaborativas, que desperte o interesso do grupo escolar, prezando pelo diálogo e envolvimento de forma ativa na obtenção de conhecimento. 

Incentivar o protagonismo do aluno (a) em sala de aula é mais do que motiva-lo a ir em busca de conhecimento, está associado a uma inversão no processo de ensino-aprendizagem, tirando um pouco da autonomia do professor (a) e transferindo essa responsabilidade para o aluno (a), claro, de maneira leve e não compulsória. Quando isso se faz, nota-se que o estudante deixa de ser somente um passivo recebedor de informação e passa a ser parte ativa do novo método, buscando por conhecimento na prática. Podemos indicar como técnicas eficazes nessa causa o incentivo a: debates e discussões sobre temas relevantes; formação de grupos de estudos; fortalecimento do conhecimento por meio de atividades práticas; resolução de problemas em conjunto; entre outros. 

As vantagens desse método são inúmeras e atinge tanto os alunos, quanto os profissionais de educação e a instituição de ensino. Aos alunos, percebe-se um desenvolvimento do pensamento crítico, uma facilidade para reter o conhecimento, uma maior motivação e autoconfiança, uma facilidade na resolução de problemas, etc. Quanto aos professores e a instituição, este método possibilita a realização de um acompanhamento pedagógico mais eficiente, uma maior facilidade de lidas com os diferentes perfis de alunos no ambiente da sala de aula, um maior engajamento dos alunos pelo conhecimento e um aumento considerável dos índices de satisfação de pais e comunidade. 

Inúmeros são os desafios enfrentados para que essa forma de atuar esteja cada vez mais presente no universo escolar, ainda mais levando em consideração a dimensão territorial do Brasil e suas milhares de escolhas da rede pública espalhadas por nosso país, cada qual com suas particularidades. No entanto, o que nos acalma ao refletir sobre a temática é que o movimenta da escola do futuro, isto é, aquela mais inclusiva, com senso de compartilhamento e digital, encontra-se em alta devido a pandemia, tornando o futuro cada vez menos distante e priorizando a educação para nossas crianças e adolescentes.  

No nosso próximo texto abordaremos sobre a aprendizagem personalizada, super conveniente levando em consideração as particularidades de cada ser humano. Interessante, não? Até mais! 
 
Fontes: 

Revista Educação: https://revistaeducacao.com.br/2013/07/15/aprendizagem-ativa/ 

Zoom Education: Aprendizagem Ativa – https://zoom.education/blog/aprendizagem-ativa-o-que-e-e-como-se-faz/ 

NewisCool Tecnologa Educacional: https://www.newis.cool/post/2018/01/06/aprendizagemativaoque%C3%A9